loading3
Dicas de saúde

Tratar a doença ou a pessoa?

Atualizado em 7 de Março de 2022

Antes de uma doença aparecer algo aconteceu por dentro, algo se desequilibrou internamente, por uma causa externa ou interna.

A autocura uma característica que nasce conosco, é o nosso poder de harmonizar o externo e interno no processo contínuo da vida.

Com os avanços tecnológicos na medicina das últimas décadas, o corpo passou a ser analisado em partes, cada vez mais fragmentado. Dia após dia surge uma nova especialidade, um novo especialista na parte. Essa mudança foi um grande passo para entender e tratar muitas doenças, mas criou outro aspecto, a dificuldade de olhar o ser humano como um todo.

Muitas síndromes foram classificadas, o que são as síndromes?

Em uma busca rápida na internet encontramos: Síndrome é o conjunto de sinais e sintomas observáveis em vários processos patológicos diferentes e sem causa específica.

Ou seja, a pessoa apresenta vários sintomas sem um motivo... Será?

Somos seres energéticos, espirituais, emocionais dentro de um corpo físico. O Corpo é a manifestação visível e externa do que está dentro. Nossas células trabalham em silêncio e sem parar, conseguem reagir a cada situação que nos acontece, no processo incansável de nos trazer equilíbrio. Tudo que acontece fora tem uma resposta dentro, e o que pensamos e sentimos também comanda essa maravilhosa máquina que é o corpo humano.

Nosso corpo se comunica conosco através dos sintomas, olhar para eles com uma atenção especial é necessária para entender o que ele nos pede. A mensagem oculta pode ser uma mudança de hábitos alimentares, uma mudança na quantidade de movimento que fazemos ou não fazemos, uma mudança de pensamentos, uma mudança que traga paz para a alma.

Seu corpo é quem estará com você até o final desta jornada, ele é seu companheiro inseparável, ele está sempre querendo o seu melhor, o seu bem! Quando ele apresenta sintomas não está querendo te castigar, mas te alertar sobre algo.

A cura vem de dentro, dessa interpretação da mensagem para achar a solução. Você é a parte mais importante desse processo, pois só você, independente do tratamento, pode fazer algo diferente, pode sentir e pensar diferente.

A Microfisioterapia pode identificar os desequilíbrios de funcionamento desse complexo sistema, pode direcionar o caminho para encontrar o que está guardado e entender melhor a mensagem que está por trás do desconforto.