loading3
Dicas de saúde

Conheça o Treinamento funcional

Atualizado em 26 de Julho de 2021

Já faz um tempo que essa palavra tem sido jogada pela indústria do Fitness. Muito praticado em outros países, no Brasil vem ganhando cada vez mais adeptos pois é considerado como um dos melhores métodos de treinamento para se chegar a qualidade muscular sendo caracterizado por mesclar diferentes capacidades físicas em um único exercício, possibilitando que o mesmo desenvolva a força, flexibilidade, equilíbrio, estabilidade do core (centro de força) mobilidade, sistema cardiorrespiratório, e a coordenação motora utilizando poucos materiais.

O método tem suas origens na reabilitação física, terapeutas costumam usar essa abordagem para trabalhar com seus pacientes devido a ter como objetivo principal a melhora da performance do indivíduo em uma atividade específica seja em suas atividades diárias ou em algum esporte. O Treinamento Funcional deve respeitar a ser prescrito, levando em consideração os movimento naturais que o corpo foi projetado como agachar, empurrar, girar, pular e correr.

Você estará treinamento de forma funcional quando utilizar de movimentos que integrem todos os grupos musculares e não trabalhar músculos isolados. Todos os exercícios são executados nos planos baixo, médio e alto e também vertical e horizontalmente.

Para elaborar um programa de treinamento funcional é preciso levar em consideração fatores como idade, sexo, condições físicas e psicológicas do aluno e histórico de atividade física. É importante saber também se o aluno tem algum problema de saúde ou possui lesões.

Partindo deste princípio, é montado um treino que evolui conforme o desempenho do praticante. Existe diferença entre os treinos para jovens e idosos. O jovem tem mais força, flexibilidade e resistência, então temos que levar isso em consideração.

Em alguns exercícios, a carga de trabalho é exercida pelo próprio peso do corpo somado ao equilíbrio. No entanto, também pode ser realizado com acessórios e até alguns equipamentos específicos que já existem no mercado. Entre os principais acessórios estão a bola suíça, cinto de tração, medicine ball, bosu, mini trampolim, theraband, escada de agilidade e os cones.

Quais são os benefícios?

Além da tonificação muscular, o treinamento funcional implica numa maior complexidade do movimento e no envolvimento de várias capacidades físicas. Isso faz com que o organismo tenha um gasto energético muito maior, além de trazer grandes contribuições, como a melhora da flexibilidade, o emagrecimento, a otimização da coordenação motora, o ganho de equilíbrio e o condicionamento cardiorrespiratório. Isso tudo além de motivação e da elevada autoestima.

E na hora de se exercitar as recomendações são as mesmas para qualquer idade. O aluno deve estar hidratado, com roupas leves, não exagerar nos exercícios, respeitar seu organismo e dar feedbacks constantes para o professor, uma vez que os exercícios devem ser feitos de uma forma confortável.

Estudos tem demonstrado que cada vez mais a população está utilizando que atividades que otimizem seu tempo com essa possibilidade de trabalhar o corpo em poucos minutos o treinamento funcional é uma ótima atividade para se conseguir chegar ao objetivo.

Exercícios no TRX e no Bosu
Exercícios no TRX e no Bosu
Exercícios na escada de agilidade
Exercícios na escada de agilidade