loading3

Sintomas pós Covid-19 e a Microfisioterapia

Muitos estudos vêm sendo realizados sobre os sintomas apresentados em pacientes após a infecção com Covid-19, os dados mostram que até 80% dos recuperados sentem ao menos um sintoma até quatro meses depois do fim da infecção.

Os casos graves com necessidade de internação e UTI tendem a debilitar mais o organismo em longo prazo. Entretanto, os casos mais leves também podem deixar marcas e sintomas tais como:

  • Fadiga.
  • Falta de ar.
  • Dores de cabeça.
  • Dores musculares.
  • Queda de cabelo.
  • Perda de paladar e olfato (temporária ou duradoura).
  • Dor no peito.
  • Tontura.
  • Tromboses.
  • Palpitações.
  • Depressão e ansiedade.
  • Dificuldades de linguagem, raciocínio e memória.

A fadiga e dificuldade de realizar movimentos simples são os sintomas mais relatados. A inflamação generalizada causada pelo vírus pode atacar diferentes órgãos e tecidos, além do pulmão, pode comprometer também o sistema muscular e nervoso.

Todo esse quadro é acompanhado de um processo emocional intenso, que também interfere na recuperação do paciente, trazendo em alguns casos transtornos como insônia, ansiedade e depressão.

Entre as terapias que podem ajudar esses pacientes, tais como, fisioterapia e pilates, existe também a Microfisioterapia, que atua sobre o sistema imunológico e nervoso, estimulando o organismo a recuperar seu funcionamento normal após situações de sobrecarrega.

A Microfisioterapia utiliza mapas relacionados a diferentes regiões do corpo para trabalhar com eventos intensos para o organismo, sejam eles de origem traumática, infecciosa ou emocional. Conseguimos então, usa-la de forma específica para as sequelas da infecção generalizada provocada pelo Covid-19, e ao mesmo tempo trabalhar no alívio do estresse emocional causado pela doença.

Os benefícios da técnica podem ser observados pelo alívio dos sintomas, melhora da qualidade de vida e bem-estar dos pacientes.

Se você tem interesse em saber mais, entre em contato conosco!

Texto: Daniela Freitas | Fisioterapeuta

Daniela Souza Freitas
Texto escrito por:
Fisioterapeuta