loading3

Alimentação intuitiva

“O comer intuitivo (Intuitive Eating) é uma abordagem que ensina a criar uma relação saudável com a alimentação, o corpo, a mente e as emoções, no qual cada um é o especialista e responsável pelo seu próprio corpo. Ou seja, a ideia central do comer intuitivo é que você deixe de comer por regras externas e comece a comer a partir de regras internas, saindo da mentalidade de dieta.” Instituto de Nutrição Comportamental.

Nossa nutricionista comportamental, Marília, preparou um desafio de 5 dias pra ajudar você a entender na prática e exercitar sua intuição alimentar, topa?

Primeiro dia: Rejeitar a mentalidade de dieta

A mentalidade de dieta é a causa e a consequência da nossa falta de autonomia alimentar, pois é através das dietas que aprendemos a classificar alimentos, como bons ou ruins, a respeitar horários para comer e também a quantificar os alimentos que consumimos, em calorias ou porções. Será que obedecer a uma regra externa é a única opção para sabermos como nos alimentarmos?

Abaixo alguns exemplos de pensamentos da mentalidade de dieta. Quais destes você observa na sua alimentação?

  • Preciso comer porque está na hora.
  • Será que este alimento posso comer ou não?
  • Enquanto se serve, conta a quantidade que está colocando no prato.

Segundo dia: Permissão incondicional para comer

Permissão incondicional para comer significa alimentar-se de forma que você se sinta satisfeito, não classificando os alimentos como permitidos ou proibidos e comendo o que estiver com vontade, no horário que preferir.

Quando você se priva de algum alimento que gosta, acaba intensificando os seus sentimentos por ele, contribuindo para o aumento do desejo, que na maioria das vezes acaba levando exageros futuros. Portanto, hoje, permita-se comer com prazer.

Terceiro dia: Comer para suprir as necessidades físicas

Comer para atender as necessidades físicas, sugere comer porque você está com fome. Evitando comer porque o dia foi ruim, ou comer porque está na hora ou também porque a comida estava ali.

Quantas vezes, hoje, você comeu por necessidade física e quantas vezes foi por outros motivos?

Quarto dia: Reconhecer os sinais internos de fome

A fome física aparece de forma gradual, demonstra sinais constantes e progressivos. 

Alguns dos sinais internos de fome física são a sensação de estômago vazio, com algum desconforto ou mesmo fazendo barulhos. Outro sinal pode ser a sensação de fraqueza fisica, desatenção ou dor de cabeça.

Quando você começar a sentir algum dos sinais de fome física significa que está na hora de se alimentar. Vamos tentar?

Quinto dia: Reconhecer os sinais internos de saciedade

Da mesma forma que se deve observar e honrar a fome é necessário respeitar a saciedade.

Estar saciado significa que você deixou de estar com fome, ou seja, você comeu o suficiente. Estar cheio demonstra que você comeu além do que o seu corpo precisava, sendo um sinal de que a sua porção deveria ser menor.

Portanto, para finalizar o nosso desafio, você deve parar de comer quando estiver saciado.

Ao ao final do desafio, poderá notar o quanto é possível ter uma boa relação com os alimentos, respeitando o seu próprio corpo.

Desafio elaborado pela Nutricionista Comportamental Marília Klafke de Souza

CRN2-12472D